+ Notícias

  • Crédito: Divulgação

    Kaepernick quando ainda jogava pelo 49ers.

Menos de US$ 10 milhões para Kaepernick e Reid

O "Wall Street Journal" divulgou o valor em sua edição de quinta-feira(21)
Por: Redação e agências - 22/03/2019 10:05:54

O quarterback Colin Kaepernick e Eric Reid, safety do Carolina Panthers, encerraram seu processo de queixa contra a NFL. De acordo com o "Wall Street Journal", eles irão receber menos de US$ 10 milhões no total.

O acordo confidencial foi amplamente celebrado como uma vitória para os jogadores. Mas o acordo é muito menos do que as dezenas de milhões de dólares que Kaepernick, em especial, provavelmente teria direito se sua queixa tivesse prevalecido. Não foi possível determinar como o valor será dividido entre os jogadores e quando eles serão pagos.

Kaepernick, ex-QB do San Francisco 49ers, e Reid, safety, alegaram em suas queixas que foram discriminados pela liga depois de catalisarem um movimento de protestos - tipicamente ajoelhados ou segurando o punho - durante o hino nacional, para chamar a atenção para as questões sociais e a desigualdade racial.

Kaepernick, que não assinou nas últimas duas temporadas com nenhuma franquia, apresentou sua queixa em 2017. Reid fez o mesmo no ano passado, mas assinou com o Panthers no meio da temporada de 2018.

A liga e os advogados dos jogadores não anunciaram os termos do acordo, no mês passado, quando divulgaram a resolução das respectivas queixas. As partes disseram que o acordo estava sujeito a um termo de confidencialidade e que não haveria mais comentários de qualquer parte. Detalhes do acordo foram mantidos entre alguns oficiais da NFL e advogados de Kaepernick.



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade